Publicidade


Notícias de Última Hora

Padre é detido pela segunda vez por dirigir embriagado em rodovia do PI

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu na noite dessa terça-feira (3) o padre José Adelino Rios da Silva, de 53 anos. Segundo o inspetor Fabrício Loiola da PRF, o condutor do veículo foi preso na cidade de Valença, no Sul do Piauí, quando trafegava em seu carro pela BR-316 embriagado. A PRF também confirmou que o padre foi preso pelo mesmo crime no mês de maio de 2009.
De acordo com o inspetor, o motorista foi preso após o condutor de um caminhão alertar os policiais sobre um veículo que estava atrás dele fazendo zig-zag na pista.  “Quando recebemos a informação o padre foi abordado no posto policial, mas quando recebeu a ordem de parada, acabou perdendo o controle do veículo e subiu no canteiro central do posto”, informou o inspetor.
Ao desembarcar do veículo os policiais constataram que o motorista estava visivelmente embriagado. “Ele foi submetido ao teste de etilômetro e ficou constatado o teor de 1,06 mg/l de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Diante dos fatos, ele foi enviado para a delegacia de Polícia Civil da cidade de Valença”, informou o inspetor Fabrício.
Na delegacia, José Adelino foi atuado em flagrante e ficou detido das 20h até ás 23h, mas liberado após o pagamento de fiança. “Como esse é um crime afiançável, estipulei a fiança de R$ 1.000, tendo em vista, que ele é reincidente”, disse o delegado Maycon Braga.
Sobre o crime, o delegado confirmou que foi aberto um inquérito e será entregue ainda nesta quarta-feira (4) para o poder judiciário. “Ele deve responder criminalmente pelo fato de dirigir sobre o efeito de álcool e sofrer as sanções que serão impostas pelo juiz. Em depoimento, ele disse que é alcoólatra e vinha de uma cidade do estado do Maranhão e tinha como destino Teresina”, informou Maycon.
No carro, modelo Gol que era dirigido pelo condutor, a PRF encontrou duas garrafas de cachaça. “Além da carteira de habilitação do motorista, o veículo ficou apreendido por estar com documentação irregular, com atraso no emplacamento”, informou o inspetor da PRF Fabrício Loyola.
G1 entrou em contato com a Arquidiocese de Teresina e esta informou que o padre sofre de alcoolismo e tem buscado a reabilitação. Segundo a nota enviada, o sacerdote chegou de uma clínica há 15 dias. "Ratificamos que a Arquidiocese não tem medido esforços em busca de sua recuperação, encaminhando-o para os mais diversos tratamentos", disse ainda a Arquidiocese.
G1

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo Twitter™ e pelo Facebook.
Padre é detido pela segunda vez por dirigir embriagado em rodovia do PI Padre é detido pela segunda vez por dirigir embriagado em rodovia do PI Reviewed by Rodrygo Ferraz on 6/05/2014 Rating: 5