RodrygoFerraz.com.br
Início » » Mulher tem rotina alterada após calúnia via WhatsApp

Mulher tem rotina alterada após calúnia via WhatsApp

Publicado por Rodrygo Ferraz em quarta-feira, 13 de agosto de 2014

A Internet e as redes sociais são ferramentas que auxiliam bastante no nosso cotidiano, desde que sejam usados de forma correta.
Juliana das Virgens, 28 anos, foi uma das inúmeras vítimas do uso inadequado dessas redes. Há exatos oito dias, sua foto com uma mensagem dizendo que ela está com HIV e munida de uma seringa com sangue contaminado, espetando pessoas nas ruas tem circulado pelo WhatsApp.
Desde então, a vida da balconista mudou. Inúmeras ligações e olhares indiferentes a acompanham. Sem nem ter ideia de onde possa ter surgido o insulto, Juliana tem procurado meios para reverter a situação, e achar o responsável por ter associado sua imagem a mensagem.
whats“Eu estava no trabalho quando uma colega me mostrou a mensagem que ela tinha acabo de receber. A princípio eu achei que era brincadeira, mas várias pessoas começaram a me ligar e até no WhatsApp mesmo, me falando o que estava acontecendo e eu sem saber. Mas eu não sei de onde surgiu. Eu prestei queixa na 10ª ,de Pau da Lima, mas me aconselharam a procurar uma delegacia de crime virtual. Tive que trocar de número”, afirma.
Questionada se desconfia de pessoas que possam ter cometido o crime, ou se tem inimigos, a vítima disse não ter, e, não se relacionar com muitas pessoas devido ao seu tempo escasso.
“Eu chego tarde do trabalho, por isso pela manhã geralmente estou dormindo. Então nem tenho tempo para socializar com as pessoas direito, por isso o susto”, diz.
Um exame de sangue será feito para comprovar que a mesma não tem a doença, além de uma investigação que vai ser iniciada para a busca do culpado.
Fonte: bocaonews
Compartilhe este artigo :

Horóscopo

Siga-me no instagram

Visitantes onlines

Publicidade


As mais acessadas