RodrygoFerraz.com.br
Início » » "Ele fazia um bem para a cidade, eliminava os bandidos", diz moradora de Poço Verde-SE

"Ele fazia um bem para a cidade, eliminava os bandidos", diz moradora de Poço Verde-SE

Publicado por Rodrygo Ferraz em quinta-feira, 16 de outubro de 2014


(Foto: Divulgação)

Uma moradora do município de Poço Verde (SE) entrou em contato com o Jornal de Sergipe na tarde desta quarta-feira (15/10), para falar da morte do ex-presidiário José Augusto, 41 anos, suspeito de cometer mais de 20 homicídios em Sergipe e na Bahia. 

"Ele matava os bandidos que tentavam amedrontar os moradores. O certo é a polícia prender, mas que ele fez um bem para a cidade isso ninguém pode questionar", disse a moradora que não quis ser identificada.

Ousadia
O ex-presidiário foi preso pela primeira vez em abril de 2013. No Estado do Pará, concedeu entrevista a uma rádio de Aracaju. Ele conversou com o delegado Everton Santos, que coordenava a Copci, e desafiou a Polícia Civil. "É questão de honra para a Polícia Civil prender esse rapaz onde quer que ele esteja", disse Everton.

Morte
José foi morto na manhã desta quarta-feira (15/10), dentro da própria residência, localizada no município de Poço Verde (SE). A polícia vinha realizando diligência para tentar prendê-lo em cumprimento a mandado de prisão. Os policiais tentaram prender o acusado. Segundo a polícia, ele reagiu e foi baleado, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Investigação
A mulher do pistoleiro denunciou a polícia e disse que foi uma execução. A superintendente da Polícia Civil, delegada Katarina Feitoza, disse que a princípio a operação foi legal sob todos os aspectos. “Vamos apurar as denúncias, mas entendo que ela está consternada neste momento. Porém, não posso permitir que um policial seja morto em cumprimento de seu dever legal. Além disso, temos que nos solidarizar também com as famílias das pessoas que ele matou”, frisou.
Compartilhe este artigo :

Horóscopo

Siga-me no instagram

Visitantes onlines

Publicidade

As mais acessadas