RodrygoFerraz.com.br
Início » » PREFEITURA DE SIMÃO DIAS(SE) PODERÁ CORTAR SALÁRIOS E ATÉ DEMITIR FUNCIONÁRIOS

PREFEITURA DE SIMÃO DIAS(SE) PODERÁ CORTAR SALÁRIOS E ATÉ DEMITIR FUNCIONÁRIOS

Publicado por Rodrygo Ferraz em quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Na semana do servidor público a notícia para os funcionários da prefeitura de Simão Dias é muito desanimadora. Pelo menos foi o que relatou o líder e irmão do prefeito, vereador Jorgeval Silva (PP) na sessão desta noite (29). Ao fazer uso na tribuna da Câmara Municipal, Jorge informou que a prefeitura deverá cortar gratificações, horas extras, ter atrasos em salários e até demissões. O motivo para essas drásticas medidas, segundo o líder da situação seria a queda considerável no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). O anúncio causou revolta e indignação por parte de alguns vereadores da base de oposição.

Pela informações relatadas por Jorgeval Silva, o prefeito Marival Silva Santana (PSC) poderá realizar cortes nas gratificações e horas extras dos servidores efetivos e que comissionados poderão ser demitidos.

Cristiano Viana (PSB), vereador e líder da oposição fez uso da palavra e pediu “pelo amor de Deus”que a administração municipal não realize cortes salariais o que dificultaria a vida dos servidores públicos que são pais de famílias impossibilitando de honrar com seus compromissos. O parlamentar João Déda (PSB) também fez um aparte e solicitou ao líder da bancada de situação que essas medidas possam começar com a demissão dos familiares do prefeito. Durante o debate também foram lembrados que a prefeitura paga caro um aluguel de um carro para uso exclusivo do gestor e com locação de veículo coletor de lixo quando o mais viável seria aplicar o valor na compra do caminhão.

Fazendo parte também do debate, o vereador Dédé do Pastinho (PDT) ainda acrescentou que a prefeitura tem inúmeros imóveis alugados que segundo ele, servem para agradar aliados políticos. Já Fábio Rabelo (PMDB) também fez intervenção no diálogo e solicitou cautela à administração quanto às medidas a serem aplicadas e mais cuidado ainda quanto a possibilidade de acontecer cortes de ajuda de custo para a realização de exames médicos solicitados pela população.

O Dia do Servidor Público foi ontem, 28 e com esse panorama assustador o funcionalismo público municipal parece não ter motivos para comemorar.

Informações: Portal Edelson Freitas
Compartilhe este artigo :

Horóscopo

Siga-me no instagram

Visitantes onlines

Publicidade

As mais acessadas