RodrygoFerraz.com.br
Início » » Suspeitos de assaltar banco em Uauá são mortos em confronto com a polícia

Suspeitos de assaltar banco em Uauá são mortos em confronto com a polícia

Publicado por Rodrygo Ferraz em segunda-feira, 3 de novembro de 2014



Dois suspeitos de integrar a quadrilha que assaltou uma agência bancária e feriu reféns em Uauá foram mortos durante um confronto com a Polícia Militar, na madrugada desta sexta-feira (31). Segundo a polícia, os homens trocaram tiros com uma equipe da Companhia de Polícia de Ações em Caatinga (CPAC), em Patamuté, distrito de Curaçá.

Os suspeitos, que não tiveram os nomes divulgados, não resistiram aos ferimentos e morreram. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal. Além deles, a polícia faz buscas por outros dois suspeitos que estaria escondidos em uma fazenda na região.

Ainda de acordo com a polícia, na noite desta quinta (30) três suspeitos foram presos na localidade de Bendegó, em Uauá. Policiais Militares de Uauá, Curaçá e Juazeiro participam a operação para localizar os bandidos.

Assalto - Doze homens assaltaram a agência do Banco do Brasil de Uauá, a 246 quilômetros de Serrinha, na manhã de ontem. Um segurança do banco e dois clientes ficaram feridos no ataque. Parte da quadrilha roubou um carro, modelo Fiat Strada, e sequestrou os três ocupantes em um povoado próximo à cidade.

A outra parte do grupo chegou em outro veículo à agência, disparando tiros para o alto e empunhando armas de grosso calibre. Durante a fuga, os assaltantes jogaram parte do dinheiro roubado pro alto.

"Houve muitos disparos. Parte do grupo ficou do lado de fora, enquanto outros dois invadiram a agência atirando", disse o sargento Carlos Alberto. Os assaltantes atiraram contra o segurança, que foi atingido na perna. Outros dois clientes também ficaram feridos: um alvejado no braço e outro atingido no olho por estilhaços de vidro.


De acordo com funcionários do banco, os assaltantes chegaram até o cofre, que estava aberto por conta de uma movimentação financeira. Os criminosos fugiram levando cerca de R$ 10 mil. Eles levaram três funcionários como reféns, entre eles o segurança ferido. Os reféns foram abandonados em uma estrada de terra a 5 quilômetros de Uauá. Os criminosos fugiram em seguida. Os feridos foram atendidos em hospitais de Uauá.
Compartilhe este artigo :

Horóscopo

Siga-me no instagram

Visitantes onlines

Publicidade

As mais acessadas