RodrygoFerraz.com.br
Início » , » Chorrochó-BA: médico cubano se apaixona por prefeita e causa polêmica

Chorrochó-BA: médico cubano se apaixona por prefeita e causa polêmica

Publicado por Rodrygo Ferraz em quinta-feira, 18 de dezembro de 2014


002
Um médico cubano causou polêmica esta semana nas redes sociais após sair em defesa da prefeita de Chorrochó, Rita Campos (PP), que tem um romance com o profissional de saúde.

Alberto Geli Gonzalez, que integra o programa do governo federal “Mais Médicos”, desembarcou em novembro de 2013 no município do extremo-oeste baiano. O estrangeiro atende em um Posto de Saúde da Família (PSF) da zona rural de Chorrochó.
O cubano, que costuma postar no seu perfil do Facebook fotos dele com a prefeita, se revoltou após sofrer críticas de chorrochoenses inconformados com publicações de imagens do casal em diversas festas e passeios em cidades turísticas. Insatisfeito com o que considerou invasão de privacidade, apesar de ser uma rede social e a prefeita ser uma figura pública, o médico usou palavras obscenas, de cunho erótico e consideradas desrespeitosas. O caso foi parar na mesa do promotoria de Justiça da comarca local.
001
Postou Gonzalez: “Ao povo fofoqueiro que são poucos que a mim quando falam assim me dá vontade de fazer sexo (…) Qualquer momento público uma foto com a minha ro….. bem dura pra aqueles que não conseguir dormir por estar falando dos outros durmam pensando na minha ro……”(SIC), postou, indignado, o médico.

Para o vereador de Chorrochó Luiz Alberto de Menezes (PT), conhecido como Beto de Arnóbio, afirmou que a situação foi constrangedora e o comportamento do médico cubano revoltou os munícipes.
Rita Campos foi eleita para o seu primeiro mandato em 2012 com 57% dos votos válidos. Afilhada do conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), Mário Negromonte, a pepista sucedeu o ex-prefeito Humberto Gomes, seu primo, que pertence ao mesmo grupo político e foi cassado no mesmo ano por improbidade administrativa, acusado de cometer irregularidades na celebração de contratos de prestação de serviços junto à prefeitura.
Ainda conforme Beto de Arnóbio, de volta ao Poder, o grupo, desta vez sobre a liderança de Rita Campos, resgatou os mesmos descasos na administração de Chorrochó. Segundo o edil, além de atrasos constantes nos salários do funcionalismo e problemas constantes com o fornecimento da merenda escolar, a prefeitura estaria pagando pelo aluguel de três ônibus que foram doados através do projeto “Caminho da Escola”.
Segundo o vereador petista, que afirmou que vai protocolar a denúncia junto ao Ministério Púlbico (MP-BA), o Município tem pago todo o mês cerca de R$ 15 mil a uma empresa para fornecer três ônibus que foram entregues pelo governo federal para o transporte escolar que já pertencem à Chorrochó.
Ninguém da prefeitura foi localizado para comentar as acusações.
As informações são de David Mendes do Bocão News/Fotos reprodução Facebook

Compartilhe este artigo :

Horóscopo

Siga-me no instagram

Visitantes onlines

Publicidade

As mais acessadas