RodrygoFerraz.com.br
Início » , » Sorria lidera corrida eleitoral em Fátima-BA

Sorria lidera corrida eleitoral em Fátima-BA

Publicado por Rodrygo Ferraz em domingo, 2 de agosto de 2015


Manoel Missias - o Sorria

O ex-prefeito Manoel Missias Vieira, o Sorria, lidera a corrida pela prefeitura da cidade de Fátima, numa sondagem feita para consumo interno. A informação foi prestada a este blogue pelo vereador Zezinho, do PP, o mesmo partido de Sorria. Na pesquisa, o ex-prefeito aparece com surpreendentes 39% da preferência do eleitorado para assumir novamente a cadeira no executivo municipal. Aparecem ainda os candidatos Roberto da Farmácia com 18%, o vereador Binho com 12%, Lourival – o prefeito em exercício – com 9% e o Milton de Zé da Laje com 5%.

Os números surpreendem porque o Manoel Missias Vieira está envolvido até o osso com a Operação 13 de Maio da Polícia Federal. Parece que corrupção dá nome a quem disputa mandatos. Se os números não foram manipulados, Sorria está até melhor do que quando saiu da prefeitura para dar lugar a Nego. Os números indicam que o grupo que está no poder não foi afetado pela devassa da operação. Se somarmos Sorria, Binho e Lourival, dá exatos 60%. Um massacre. Mesmo Roberto da Farmácia se juntando com Milton de Zé da Laje, a goleada vai ser grande. Mesmo porque, uma vitória da oposição não muda muita coisa, pois não há diferenças ideológicas ou de visão política entre Sorria e Roberto da Farmácia. São farinha do mesmo saco. A diferença é que um já administrou a cidade e o outro bate na porta há muito tempo e o povo não deixa entrar.
Vereador Binho

Mesmo liderando o processo eleitoral, Sorria tem contra si a Justiça. É bom lembrar que o procurador da República, Marcelo Jatobá Lobo, do Ministério Público Federal (MPF) em Paulo Afonso/BA, propôs, em dezembro de 2013, 13 ações civis públicas contra ex-prefeitos e servidores dos municípios de Fátima, Paulo Afonso, Jeremoabo, Paripiranga, Heliópolis, Macururé, Euclides da Cunha, Quijingue, Glória, Rodelas e Sítio do Quinto por improbidade administrativa. Desvios de verbas da União, fraudes em licitações e superfaturamento de contratos foram alguns dos ilícitos apontados, e o Manoel Missias está no meio.

Dos atos de improbidade apurados pelo MPF em Paulo Afonso, merecem destaque os praticados em Fátima, entre 2001 e 2008, durante as gestões de Manoel Missias Vieira, o Sorria. A fim de averiguar a prática de tais ilícitos, foram instaurados 14 inquéritos civis que revelaram uma série de irregularidades, a exemplo de desvios de recursos federais e procedimentos licitatórios fraudulentos. Segundo o procurador, “inúmeras ilicitudes foram surpreendidas, algumas das quais de intensa gravidade, gerando vários inquéritos civis e policiais”. Diante da complexidade dos atos infracionários ocorridos em Fátima, o MPF ajuizou, naquele mês de dezembro, três ações distintas de improbidade contra o ex-prefeito, servidores municipais, empresas, entre outros. O prejuízo causado à União soma cerca de 806 mil reais até aqui.

Vereador Zezinho
Portanto, é cedo ainda para dizer que o pleito de 2016 em Fátima está decidido, mas, pelo andar da carruagem, Roberto da Farmácia pode acumular mais um fracasso eleitoral. A boa notícia é o desempenho do vereador Fábio José, o Binho, (PT). Apesar de o seu partido também envolvido, a nível nacional, nas falcatruas da Petrobras, Eletrobrás, Mensalão e o escambau, Binho é um jovem idealista e com visão de futuro. Se não for contaminado pela velha política, comum em nossa região, poderá ser uma nova e progressista futura liderança política em Fátima. 

Outro nome que corre por fora, e poderá até fazer dupla com Binho, é o do vereador José Uilson Batista, o Zezinho. Ele é, depois de Sorria, o nome mais forte do PP de Fátima. Zezinho não entrou na pesquisa porque é parte do mesmo eleitorado do ex-prefeito. Também é um jovem de futuro, mas precisa de oportunidade e liberdade para fazer o correto. Ele e Binho foram presidentes da Câmara Municipal de Fátima e mostraram sintonia com as coisas que realmente importam para o crescimento de uma cidade. Fátima tem vocação para crescer, tem um povo aguerrido para o trabalho, uma população simpática e acolhedora. Só precisa de políticos que pensem mais no coletivo. O vereador Zezinho seria uma boa indicação para essa luta.
Prefeito em exercício Lourival

Embora também não tenha aparecido na pesquisa, um nome que vem crescendo muito é o do Dr. Adriano. O médico foi afastado da administração municipal e hoje presta serviços em Heliópolis, mas não se afastou de Fátima. Seu nome sempre é citado quando se fala em candidaturas para renovação da política no município. A secretária municipal de Saúde de Heliópolis, vereadora Ana Dalva, disse que dificilmente ele se candidatará em 2016 em Fátima, mas é um nome sério, promissor e de peso a ser considerado. Também correm por fora, embora ainda esteja sem partido, o Milton de Zé da Laje. Seu nome ainda está em um dígito, mas não deve ser descartado. Também não pode ser descartado o vice-prefeito, e atual prefeito em exercício, Lourival Santana. Ele está com 9% e sabe que precisa melhorar muito a sua administração para realmente ser uma opção viável.
Quem também não pode ser descartado é o vereador Gilvan. Ele está organizando a Rede Sustentabilidade no município e vai para a luta. Só que está começando pelo fim. Ele quer ser o vice-prefeito. Ninguém luta em política para ser reserva de alguém. Seria bom que o vereador pensasse em de fato ser o candidato a prefeito de Marina Silva em Fátima. É a própria Marina quem nos ensina que transformar uma sociedade é tarefa para muitas lutas. Não se pode fazer muita coisa assistindo da arquibancada.

Com informações do Blog Landisvalth

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo Twitter™ e pelo Facebook.
Compartilhe este artigo :

Horóscopo

Siga-me no instagram

Visitantes onlines

Publicidade


As mais acessadas