Publicidade


Notícias de Última Hora

Câmara Heliópolis: Incertezas políticas

Se tivéssemos que estabelecer uma palavra para o próximo governo de Heliópolis, que se inicia dia 1 de janeiro, esta seria INCERTEZA. O Natal já foi e o tempo ficou curto para resolver tudo até o dia da posse dos novos eleitos e reeleitos.

Nem mesmo os nomes dos novos secretários foram divulgados. Tudo é indefinição e o motivo é o de sempre: a presidência da Câmara Municipal de Heliópolis. Enquanto não se resolver a questão, nada será definido. O problema é que muitos não estão fazendo nada, esperando que uma solução caia no colo. Isto, em política, todos já sabem, jamais acontecerá.

Enquanto isso não acontece, o vice-prefeito eleito, consciente de que já é carta fora do baralho na próxima administração, usa a sua única carta restante: Valdelício Dantas da Gama. Candidato do Pros, o vereador caminha sob ordens de Zé do Sertão sem saber que está colocando a faca na garganta de Ildinho.

Tanto isso é verdade que o futuro vice-prefeito disse, em alto e bom som, numa esquina de rua, que “O presidente será Valdelício. Já está decidido, Ildinho quer queira ou não queira. Toda oposição já fechou questão em torno dele e acabou.” Que Valdelício possa ser o próximo presidente, ninguém duvida, mas não será necessário primeiro haver uma votação? E a oposição já está sabendo disso?

Todos os vereadores querem a presidência. É fato. Mas disputam com chances: Ana Dalva (Rede), Ronaldo Santana (PSL), Valdelício Gama (Pros) e José Clóvis (Pros). Nenhum destes está descartado, nem mesmo os que aqui não foram citados, inclusive da oposição. A preferência popular é para Ana Dalva, Ronaldo tem a simpatia do Poder Executivo e Valdelício e José Clóvis têm uma pedra no meio do caminho: Zé do Sertão. Do Blog do Landisvath

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook
Câmara Heliópolis: Incertezas políticas Câmara Heliópolis: Incertezas políticas Reviewed by Rodrygo Ferraz on 12/28/2016 Rating: 5