Publicidade


Notícias de Última Hora

Adustina/BA: Relatório anual da administração "Construindo juntos o município que queremos"

Apesar de mais de um ano de gestão do atual prefeito Paulo Sérgio, ainda não mostrou a que veio, afinal apesar de apresentar uma mídia informativa para tentar reverter na cabeça dos menos informados, não tem conseguido êxito.

As festas de janeiro de 2018 apresentaram um orçamento no mínimo misterioso, afinal investiu aproximadamente 480 mil reais ( 430 mil mais 50 mil de financiamento estadual), com bandas e artistas de baixa relevância no cenário nacional, quando comparado ao segundo ano de gestão da administração anterior que foi gasto os mesmo 480 mil porém com atrações de grande relevância nacional, a exemplo Leonardo. Além do mais houve uma divergência na planilha de valores, pois um blogueiro publicou recentemente que fez um levantamento no dia 29 de janeiro e as mesma bandas contratadas atingiram um total de 40 mil reais, quando o atual prefeito publicou algo em torno de 120 mil reais. 

No critério educação, um Deus nos acuda, pois são professores sem função, ou em funções distorcidas (fora da sala de aula) e recebendo como se estivessem em sala de aula, tudo isso pra aumentar as contratações, merenda em falta na maioria dos meses, salário de contratados atrasados por dois ou três meses, além de não haver nada com o que se orgulhar. 

A secretaria de educação não Aceitou enquadrar os professores, que tinham direito por lei, e foram enquadrados na Gestão anterior, e assim corre risco de ser obrigado a enquadrar esse ano por sentença judicial. E como pequenos problemas geram um problema maior, atualmente criou-se uma onda de nucleacao, onde o atual gestor fechou varias escolas, obrigando os alunos da zona rural a acordar mais cedo, e se deslocarem as escolas sem nem ao menos um café da manhã, pra estudar longe de suas residências, deixando as escolas fechadas e abandonadas. 

No quesito obras, a qual o gestor se orgulhou tanto nos microfones, no período da festa, até o momento não há uma placa sequer que confirme que o gestor construiu nada, no mínimo, se tiver um mínimo de decência, irá colocar na placa iniciadas na gestão do prefeito José Aldo e concluída na gestão do prefeito Paulo Sérgio, isso as que ele concluir, por que até agora não concluiu nada a não ser 500 metros de calçamento em uma rua. 

A assistência social permeia o caos, pois até agora somente se tem notícia de corte em benefícios sociais. Cadê os eventos do dia da criança, cadê os eventos juninos, cadê o atendimento social na zona rural... 

A agora vamos falar da saúde, afinal seria a menina dos olhos do atual gestor, médicos todos os dias, ainda seria mesmo, acabar com as filas.... onde mesmo... ah sim, mas remédios tem? Teria se não tivessem sendo desviados segundo as más línguas, onde caixas de remédios lacradas eram encaminhadas para Aracaju. Ah sim mas os serviços estão de ótima qualidade... estão?. Ou prefeito tanto que você falou da gestão anterior, mas os carros todos sucateados, sim e cadê as diárias dos motoristas quem viajam diariamente para Aracaju, o funcionário deve arcar e não receber? 

Quanto a parte administrativa, não era de se espantar, o prefeito foi obrigado a contrata um funcionário da gestão do prefeito George de Paripiranga, devido a incompetência dos seus homens de confiança, e mesmo assim iniciou o ano de 2018 atrasando os salários dos servidores, que nunca na história tinham deixado de receber seus salários na data de 23 de cada mês, quem arcão com os juros dos débitos dos servidores? E pra completar houve ainda a suspensão dos consignados do banco do Brasil e caixa, além do pagamento do desconto sindical em favor da APLB, cuidado prefeito isso é improbidade. No município a desorganização financeira tem deixado o credores impacientes. 

Fica o questionamento? É esse realmente o município que queremos?

www.rodrygoferraz.com.br

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook
Adustina/BA: Relatório anual da administração "Construindo juntos o município que queremos" Adustina/BA: Relatório anual da administração "Construindo juntos o município que queremos" Reviewed by Rodrygo Ferraz on 3/03/2018 Rating: 5