Publicidade


Notícias de Última Hora

Multidão lota câmara de Sítio do Quinto(BA) e pressiona vereadores


A noite desta segunda-feira(14) foi a mais turbulenta do ano na política de Sítio do Quinto. A sessão tumultuada que reuniu centenas de pessoas deu o que falar nos quatros cantos do município. Faixas e cartazes foram vistos diante de uma multidão enfurecida com os descasos da gestão do prefeito Cleigivaldo. Revoltados com a decisão judicial que traz de volta o gestor ao poder, manifestantes e curiosos lotaram as dependências da câmara de vereadores. Houve quebra de cadeiras do plenário da casa, muito bate-boca e empurra-empurra. Polícia Militar, precisou ser chamada para conter situação. Manifestantes e funcionários chamavam prefeito de Corrupto e ladrão. Fora corrupção! Diziam.

A noite também foi marcada pela aprovação da (LOA). A Câmara Municipal de de Sítio do Quinto aprovou nesta segunda-feira (14) a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício financeiro de 2016. Câmara só permitiu 10% de suplementação para prefeito Cleigivaldo desapertar orçamento.

O vereador Carlé do Sindicato(PSC) e Anselmo do Razinho(DEM) denunciaram várias irregularidades encontradas durante auditoria implantada pelo governo de Jair do Correio(PP), nos últimos 14 dias que exerceu a função de prefeito interino.

Em discurso no plenário da casa Rodrigo desabafou: “Não desejo aos senhores aqui presente o que passei nos últimos 15 dias". Aproveito espaço para parabenizar os colegas vereadores e ao ex-vice-prefeito Carlos Reis, pela determinação de nos ajudar a afastar o gestor Cleigivaldo da prefeitura. Rodrigo disse que na história de Sítio do Quinto, nenhum vereador teve a coragem e a ousadia de enfrentar o gestor como ele desafiou e peitou. Tive que andar escoltado de segurança particular, pois vivi dias de terror psicológico. “Se for pra pôr em risco a vida dos meus pais, e a minha vida, prefiro sair da política". Na política você só cresce em duas situações: Dividas e inimizade, argumentou Rodrigo dizendo que nem tudo pela política vale a pena.

Os vereadores Zé Miranda e Anselmo do Razinho pressionaram e cobraram explicações ao presidente da casa, que evitou prestar maiores esclarecimentos.

Para alguns políticos consultados pela reportagem do Blog, muitos afirmam que o presidente se saiu bem em discurso, uma vez que as vaias não foram direcionas diretamente ao chefe do legislativo e sim aos vereadores da situação por permanecerem em silêncio. O vereador Zé Miúdo do povoado Razinho foi o mais criticado e vaiado durante discurso. Para o vereador da oposição, o discurso de Rodrigo era esperado. As alegações feitas por Rodrigo, controlaram os ânimos e convenceu maior parte do público presente. Ele foi inteligente, comoveu a todos com sua história, controlou a revolta do público e justificou as razões pelo qual se manterá neutro. E Todos sabem na verdade que ele foi longe demais. A coragem que ele teve não é pra menos o que ele está passando”. A Política envolve jogo sujo e vidas não poderão ser ceifadas na disputa pelo poder, disse um vereador que saiu em defesa de Rodrigo.
Muito pressionado durante pronunciamento, Rodrigo de Gilson, saiu quase ileso de vaias quando na oportunidade explicou ao grande público presente as razões pelo qual levou abrir mão de algumas exigências que o seu grupo político fez.

O Blog Carlino Souza, conversou na noite de ontem(14) com o atual presidente da câmara de vereadores de Sítio do Quinto/BA.

Questionado por Carlino Souza, sobre o seu encontro com o prefeito Cleigivaldo, Rodrigo nega qualquer tipo de "negociação, relação ou envolvimento" com primo. Ele declarou que não houve encontro algum as “escondidas” conforme anunciado aqui no Blog. “De fato, a minha família me procurou, mais de forma alguma me unir com Cleigivaldo. Minha posição é continuar na oposição. De lá eu vim, dispara. Embora houve alguns rumores de que eu teria aderido à ele, posso afirmar que é mais uma mentira de alguém que quer me jogar contra o povo e contra o grupo. "Eu não me encontrei com Cleigivaldo, não acertei nada com ele. Não vejo ele a meses", garante. Para ele, a pessoa que passou as informações teve o intuito de joga-lo contra o próprio grupo, numa tentava de "queimar sua imagem" perante sociedade, explica.

Rodrigo assegura continuar trilhando no caminho da oposição e joga a responsabilidade na justiça para punir e julgar o primo prefeito Cleigivaldo. Sou oposição e serei. No início da semana passada jantei com a minha base, na residência do vereador Carlé do Sindicato, onde expliquei a todos a minha situação.

Realmente o que estou passando precisa ser levado em consideração. O jogo político envolve vidas. Eu e meus pais, fomos ameaçados de morte caso insistisse continuar complicar a vida política de Cleigivaldo, declarou Rodrigo, sem revelar de onde partiu as ameaças. Me julgar é fácil, suportar o que passei é difícil, finaliza.

O blog também ouviu uma terceira “pessoa” que disse afirmar que houve um encontro entre Rodrigo e Cleigivaldo. Ele admitiu estar equivocado e que a informação não passava de uma brincadeira. Ele ainda afirma que não se tratava de um encontro entre ambos, como foi citado na matéria anterior. Ele explica que foi um encontro de família no qual os pais de Rodrigo participou. Questionado pelo editor deste blog, a fonte disse acreditar que Cleigivaldo fará correções emergenciais que após afastamento os próprios aliados cobraram ações e soluções na crise política do governo. “Ele não vai mudar 100% da noite para o dia, mas esse afastamento serviu de lição pra ele. Acredito que nos próximos dias as coisas possam melhorar, declarou ‘uma importante’ aliada do prefeito Cleigivaldo.

Quanto a candidatura de Rodrigo de Gilson(PDT) como sucessor de Cleigivaldo, não existe nada concreto. Não existe relações, tão pouco acordos. A fonte ainda revela que o assunto não foi discutido em mesa. “Foram feitos acordos familiares em torno do retorno de Cleigivaldo a prefeitura. Acordos para apoiar Rodrigo não houve, apenas reataram as pazes familiar”, más a todo tempo Rodrigo se manteve distante de dialogo com Cleigivaldo, garante um membro que participou da reunião familiar.

Relação azeda:

Acabou a rivalidade e a paz voltou a reinar na família Santa Rosa. Mesmo com as pazes feita com Cleigivaldo, Rodrigo pretende continuar na oposição, conforme garantiu em plenário.

Da redação, Blog do Carlino Souza

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook
Multidão lota câmara de Sítio do Quinto(BA) e pressiona vereadores Multidão lota câmara de Sítio do Quinto(BA) e pressiona vereadores Reviewed by Rodrygo Ferraz on 12/15/2015 Rating: 5