Publicidade


Notícias de Última Hora

Atiradores tinham revólver e armas medievais no massacre de Suzano

Atiradores tinham armamentos inspirados na idade média

Foto: Henrique Barreto/Futura Press/Folhapress
Mais informações sobre o massacre na escola em Suzano (SP) foram passadas à imprensa no início da tarde desta quarta-feira (13). O comandante-geral da Polícia Militar de São Paulo, coronel Marcelo Salles e o governador João Dórea, prestaram entrevista coletiva ainda no local e apresentaram mais detalhes sobre o atentado.

De acordo com o coronel, os atiradores atiraram num proprietário de um lava-jato quando estavam a caminho da escola. Ele foi socorrido em levado ao centro cirúrgico mais próximo para tratar do ferimentos. Na sequência invadiram a escola na hora do lanche, e alvejaram a coordenadora pedagógica, uma funcionária, quatro alunos do ensino médio e se dirigiram ao Centro de Línguas da instituição. Desesperados, alunos e professores se trancaram na sala e os dois atiradores se mataram no corredor.

O comandante-geral Marcelo Salles ainda descreveu o armamento usado no atentado: um revólver calibre 38, uma besta (armamento medieval que dispara flechas) e um arco e flecha. Ainda foram encontrados artefatos de suposta natureza explosiva e o esquadrão anti-bombas da PM foi acionado para análise e desarmamento em caso de necessidade.

Foto ilustrativa de arma usada em atentado
foto: reprodução internet /  ilustração de armamento encontrado no local

Visivelmente consternado, o governador declarou: “Nunca tinha visto uma cena igual em toda a minha vida”, e acrescentou que acionou a Secretaria de Saúde do Estado para dar todo o suporte aos sobreviventes e às famílias das vítimas.

Varela Notícia

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook
Atiradores tinham revólver e armas medievais no massacre de Suzano Atiradores tinham revólver e armas medievais no massacre de Suzano Reviewed by Rodrygo Ferraz on 3/13/2019 Rating: 5

Nenhum comentário