Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Antes rejeitado, pé de frango agora é a “carne possível’

 

cozido de pé de galinha. Imagem ilustrativa.
cozido de pé de galinha. Imagem ilustrativa.

A cozinheira Irene Moreno, moradora de Sorocaba (interior de SP), aderiu de vez ao pé de frango. “Sempre gostei, mas agora virou a mistura possível, pois é o que dá para comprar. A carne bovina perdeu vez em casa. Primeiro é o frango, depois o porco. Dizem que pé de frango faz bem para os ossos, mas eu digo que faz bem para o bolso.”

Com o preço do boi nas alturas e outras carnes também mais caras, o pé de frango virou a opção ao alcance do bolso do consumidor, ainda que também tenha subido. Em janeiro, o quilo do pé de frango, considerado o corte mais barato, subiu 100%, passando de R$ 2,50 para R$ 5 no atacado.

Dono do açougue Vitória, no Jardim Novo Mundo, periferia de Sorocaba, o comerciante Aguinaldo Jesus dos Santos vendia o pé de frango a granel por R$ 7,90 o quilo. “Está barato, pois em supermercados você vai comprar em bandejas e pagar até R$ 12.”

Para o representante comercial Henrique Laureano Ribeiro, de Sorocaba, “outros cortes mais baratos, como o pescoço e a moela, também estão tendo maior procura”, disse. A moela, que em janeiro era vendida a R$ 6,50 no atacado, hoje tem o preço do quilo em R$ 9,80 para que o comerciante revenda a R$ 15.

Estadão

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook

Antes rejeitado, pé de frango agora é a “carne possível’ Antes rejeitado, pé de frango agora é a “carne possível’ Reviewed by Rodrigo Ferraz on 9/21/2021 Rating: 5

Nenhum comentário