Pombalense “Valete de Paus”, é suspeito de 15 homicídios, e ostentava vida de luxo, afirma polícia

Bens acumulam cerca de R$ 1 Milhão Carros e apartamento de luxo, passeios caros e um orçamento de cerca de um milhão de reais por mês...

Bens acumulam cerca de R$ 1 Milhão

Carros e apartamento de luxo, passeios caros e um orçamento de cerca de um milhão de reais por mês. Assim vivia João Cleison Mota Carvalho, de 32 anos, conhecido como Didi, desde quando fugiu do Complexo Penitenciário da Mata Escura, em abril de 2017. Preso na madrugada do último sábado (3), na cidade de Maceió, em Alagoas, Didi é apontado como um dos líderes de uma facção criminosa e estampava a carta ‘Valete de Paus’ do Baralho do Crime da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA).

De acordo com o delegado Flávio Góis, diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), João Cleison é suspeito de praticar assaltos a bancos, explosões de caixas eletrônicos, tráfico de drogas, além do envolvimento em pelo menos 15 homicídios em várias cidades da Bahia. “O ponto base dele é Ribeira do Pombal, mas nós temos informações de que ele age em homicídios e tráfico de drogas em Feira de Santana a Paulo Afonso”, disse. Além dessas cidades Didi também atuava no crime nos municípios de Olindina, Nova Soure, Cícero Dantas, Tucano e Euclides da Cunha.

Preso em 2013 por roubos, Didi passou a atuar no tráfico de drogas depois que entrou no presídio. “Dentro da cadeia ele conheceu várias pessoas integradas à facção Bonde do Maluco. Depois disso o tráfico de drogas passou a ser o braço forte financeiro dele. Após fugir da cadeia em 2017, ele deu uma ordem geral em Ribeira do Pombal: ou os criminosos se uniam a ele ou seriam mortos. Foi ai que iniciaram os homicídios principalmente na região de Ribeira do Pombal”, explicou o delegado. João é um dos 25 detentos que fugiram pelo teto da Unidade Especial Disciplinar (UED) do Complexo da Mata Escura, em abril do ano passado.

Ainda segundo o delegado, a prisão do “Valete de Paus” ocorreu após a morte e prisão de dois criminosos, integrantes de facções rivais de Didi. “Nós recebemos informações de que o Didi estava confrontando com dois homens de facções rivais a dele. Um dos líderes da ‘Caveira’, que é o ‘Bactéria’, que foi morto em dezembro do ano passado em confronto com policiais militares, e o outro líder da ‘Katiara’, o ‘Maiquinho’, foi preso em Paulo Afonso e transferido para o presídio de Serrinha”, contou.

“Didi” foi apresentado à Imprensa Baiana, na manhã de segunda-feira, 05.

No momento da prisão, João Cleison estava em posse de uma arma de uso restrito das Forças Armadas e com documentos falsos. “Nós encontramos uma habilitação e um RG falsos. Ele estava se passando por Adriano Santos Gomes. Ainda não se sabe se é um nome fictício ou se é alguém que ele pode ter comprado a identidade”.

Arma encontrada com “Didi” no momento da prisão.

Para permanecer foragido, “Didi” utilizava documentação falsa.

Ostentando uma vida de luxo em Alagoas, Didi passou a usar a compra e vendas de imóveis para lavar do dinheiro adquirido com o tráfico de drogas. “Ele comprava e revendia imóveis, automóveis, terrenos e lavava o dinheiro do tráfico”, explicou. Além de Maceió o suspeito chegou a morar com a família em cidades como Porto Seguro e Rio de Janeiro. No vídeo abaixo é possível, João Cleison em uma lancha durante um passeio.

Ainda conforme o delegado, os rendimentos de João Cleison chegavam a mais de um milhão de reais por mês. “Juntando a movimentação de imóveis, armamentos, recebimento de pagamento de execuções, roubo a instituições financeiras e roubos de veículos em rodovias”, finalizou o delegado.

Fonte: Bocão News

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook

Acidente$type=three$author=hide$comment=hide$rm=hide

Nome

Acidente,591,Adustina,761,Alagoas,1,Antas,49,Bahia,1,Brasil,4,Canudos,3,Ceará,1,Cícero Dantas,104,Classificados,18,Cobertura,10,Concursos,41,Coronel João Sá,24,Cultura,1,Desaparecido,1,Downloads,159,Economia,31,Educação,92,Entretenimento,216,Entrevista,18,Esporte,15,Esportes,77,Eventos,432,Famosos,3,Fátima,86,ger,1,Geral,351,Heliópolis,36,Internacional,6,Jeremoabo,5,Justiça,267,Lagarto,1,Maranhão,1,Mundo,282,Notícias,2205,Novo Triunfo,8,Novo Triúnfo,1,Ocorrência,18,Paraíba,1,Paripiranga,217,Pedro Alexandre,4,Pernambuco,1,Piauí,1,po,1,Poço Verde,19,pol,1,policia,8,Polícia,2832,Política,877,Regional,5,Religião,43,Ribeira do Pombal,12,Rio Grande do Norte,1,Saúde,85,Seca,9,Sergipe,1,Sertão,7,Simão Dias,14,Sítio do Quinto,97,VC no Rodrygo Ferraz,3,Vídeo,13,
ltr
item
RODRYGO FERRAZ - Jornalismo Linha Dura para cobrar Soluções.: Pombalense “Valete de Paus”, é suspeito de 15 homicídios, e ostentava vida de luxo, afirma polícia
Pombalense “Valete de Paus”, é suspeito de 15 homicídios, e ostentava vida de luxo, afirma polícia
http://www.portalalerta.com.br/wp-content/uploads/2018/03/Jo%C3%A3o-Cleison-Mota-Carvalho-Didi.jpg
RODRYGO FERRAZ - Jornalismo Linha Dura para cobrar Soluções.
https://www.rodrygoferraz.com.br/2018/03/pombalense-valete-de-paus-e-suspeito-de.html
https://www.rodrygoferraz.com.br/
https://www.rodrygoferraz.com.br/
https://www.rodrygoferraz.com.br/2018/03/pombalense-valete-de-paus-e-suspeito-de.html
true
7660377457155439858
UTF-8
Todas as postagens carregadas VER TUDO Leia mais... Responder Cancelar Excluir De Início PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo VEJA TAMBÉM LABEL ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foi encontrada nenhuma correspondência de postagem com sua solicitação Voltar para o início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agostp Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Índice