RodrygoFerraz.com.br
Início » » Geddel responde Wagner: ganharia eu, Francisco, Manoel e ganhará Sout

Geddel responde Wagner: ganharia eu, Francisco, Manoel e ganhará Sout

Publicado por Rodrygo Ferraz em sexta-feira, 8 de agosto de 2014


Após Jaques Wagner (PT) declarar que a oposição errou já que, para ele, “só Geddel teria chance" a uma vaga para governador do Estado - afirmação feita em entrevista concedida aos editores do Bocão News, na manhã desta sexta-feira (8)  - o cacique do PMDB baiano respondeu ao que chamou de elogio e aproveitou para tecer críticas à gestão do petista. "Agradeço a ele e recebo com humildade o reconhecimento da minha força por parte do governador. Mas, me permito divergir", afirmou.

Para Geddel Vieira Lima, apesar do jeito simpático e agradável de Wagner, "o governo dele tem sido de tamanha fragilidade e tem deixado problemas como a Saúde Pública que está um caos, a absoluta falta de Segurança Pública no Estado e a falta de um processo voltado para o semi-árido, além de uma série de promessas que não saíram do papel. É um governo muito frágil", ressaltou.



a
Quando questionado sobre a opinião de Wagner, que apesar de citá-lo como referência, põe em xeque a fragilidade da chapa oposicionista, Geddel rebate: "Ganharia eu, ganhará Paulo Souto, ganharia Francisco, Manoel, Joaquim. Ganharia qualquer um que mostrasse à Bahia uma proposta diferente do que está aí", frisou.

Ainda respondendo a Wagner, Geddel acredita que a afirmação do governador "mostra meu amplo favoristismo na disputa ao Senado. Nenhuma casa precisa tanto de renovação quanto o Senado. E farei algo pelo Estado. Vou trabalhar com vigor para defender a Bahia no cenário nacional e, claro, todo apoio é bem-vindo. Agradeço mais uma vez ao governador porque, evidentemente da mesma forma que o PT, eu também preferiria não aparecer nas propagandas ou em fotografias ao lado do meu amigo Wagner", disparou.

Bocão News
Compartilhe este artigo :

Horóscopo

Siga-me no instagram

Visitantes onlines

Publicidade

As mais acessadas