Publicidade


Notícias de Última Hora

Radialista é preso por tentar corromper testemunha e alterar as investigações



Em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pela Justiça de Sergipe, a Polícia Civil de Sergipe, por meio do Departamento de Atendimento Grupos Vulneráveis (DAGV), prendeu o radialista George Magalhães.

A prisão ocorreu na residência do suspeito no início da manhã desta quinta-feira (13) e foi solicitada pelo DAGV por tentativa de corrupção de uma testemunha com oferecimento de dinheiro. O radialista é acusado de estupro contra uma funcionária do prédio onde ele mora, na praia de Atalaia, zona Sul de Aracaju (SE).

Na manhã desta quinta-feira, as delegadas Mariana Diniz e Renata Aboim prestaram entrevista coletiva à imprensa para fornecer detalhes sobre as investigações contra George Magalhães.

Segundo informações da delegada Mariana Diniz, George Magalhães nega que houve estupro, mas confessou que manteve relação sexual com o consentimento da vítima. A delegada disse ainda que o laudo pericial descarta lesão corporal na vítima. O crime de estupro teria sido cometido no dia 21 de agosto deste ano.

Após a prisão o radialista foi levado para o DAGV e por medida de segurança foi transferido para uma outra delegacia que está sendo mantida em sigilo.

Gilson de Oliveira

Acompanhe o Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook


Radialista é preso por tentar corromper testemunha e alterar as investigações Radialista é preso por tentar corromper testemunha e alterar as investigações Reviewed by Rodrygo Ferraz on 9/14/2018 Rating: 5