Jeremoabo, Santa Brígida, e Pedro Alexandre, entram na relação de cidades-alertas quanto ao nível de água da Bacia do Rio São Francisco

Por conta das fortes chuvas que caem desde dezembro entre a Bahia e Minas Gerais, o nível da Bacia do São Francisco está cerca de 8 metros e...

Por conta das fortes chuvas que caem desde dezembro entre a Bahia e Minas Gerais, o nível da Bacia do São Francisco está cerca de 8 metros e 24 centímetros acima do normal e preocupa autoridades e populações ribeirinhas. A vazão da bacia é a maior desde 2009. As usinas de Sobradinho e Xingó chegarão a 4.000 m³/s até o próximo dia 24, quando a situação será reavaliada. Em municípios baianos como Juazeiro e Bom Jesus da Lapa, moradores já estão sendo retirados de suas casas.

Em Bom Jesus da Lapa restaurantes que ficam na área ribeirinha foram inundados e a população foi orientada a deixar os imóveis. Na sexta (14), funcionários da Secretaria de Assistência Social foram até as ilhas que estão isoladas pela cheia do rio São Francisco no município para resgatar os moradores ribeirinhos em situação de vulnerabilidade e levá-los à sede do município no qual já há uma estrutura montada para recebê-los. Dentre as comunidades atingidas estão Bebedouro, Cabeça do Boi, Campo do Umbuzeiro, Ilha Banco do Jogo, Ilha da Canabrava, Ilha da Mariquinha e Ilha do Fogo.

Famílias ribeirinhas de outras cidades do país já foram atingidas pela cheia do Velho Chico e estão sendo retiradas. Parte delas está na região norte do estado de Minas Gerais. No estado de Alagoas, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil emitiu alerta para sete municípios, sobre o aumento da vazão, porque o nível também tem subido de forma significativa.

O alerta e o risco

Acompanhando a situação da bacia, o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF) emitiu, na última terça-feira (11), nota pública alertando a população ribeirinha sobre a possibilidade de cheias no decorrer dos próximos dias. A nota, assinada pelo presidente do CBHSF, Maciel Oliveira, orienta a população a não ocupar o leito do rio e indica ações a serem adotadas pelos municípios localizados nas regiões do Submédio e do Baixo São Francisco.

O presidente do CBHSF alerta que a situação é ainda mais delicada para a população ribeirinha do que a de 2009, última vez em que ocorreu uma cheia desse nível. “Em 2009, as condições do rio eram totalmente diferentes, não existiam tantos bancos de areia e ilhas como hoje, por exemplo. Então a previsão é de uma situação pior porque as águas vão se espalhar muito mais, já que não tem tanta profundidade, ou seja, o rio está raso”. Mas ele acrescenta que a cheia também traz benefícios. “É preciso dizer que a situação de cheia é extremamente positiva para o rio em si. Isso porque os bancos de areia vão ser arrastados, vai ter uma limpeza geral no rio. Vai ser bom, principalmente, para a reprodução de peixes, beneficiando pescadores”.

O Comitê informou que, em 2018, realizou audiências públicas para alertar a população ribeirinha e o poder público sobre as suas responsabilidades e os riscos da ocupação irregular do solo às margens do São Francisco, fato que pode acarretar danos em situação como a atual de elevação do nível das águas.

Por que o nível do rio está elevado?

Segundo a ANA, foi constatado volume de chuva acima da média esperada para dezembro de 2021 no Oeste baiano e em Minas Gerais, formando condições de umidade do solo e aumento do escoamento e vazão da bacia. Esse nível alto de vazão não era observado desde 2009.

Com as chuvas, os reservatórios da bacia do São Francisco estão recebendo grandes volumes de água. Para manter o nível de segurança e evitar o rompimento de barragens ou a necessidade de liberar água de forma urgente e desorganizada, as medidas estão sendo tomadas com antecedência. Na usina hidrelétrica de Três Marias, por exemplo, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) iniciou na última sexta (14) a abertura do vertedouro com incremento ao longo dos dias. As usinas de Sobradinho e Xingó já auentaram as vazões de defluência (conforme escala abaixo) e chegarão a 4.000 m³/s, até o dia 24 de janeiro, quando a situação será reavaliada.

Escala de vazão:

12/01: Sobradinho: 1.300 m ³/s e Xingó: 1.000 m ³/s

14/01: Sobradinho: 1.800 m ³/s e Xingó: 1.500 m ³/s

16/01: Sobradinho: 2.300 m ³/s e Xingó: 2.000 m ³/s

18/01: Sobradinho: 2.800 m ³/s e Xingó: 2.500 m ³/s

20/01: Sobradinho: 3.300 m ³/s e Xingó: 3.000 m ³/s

22/01: Sobradinho: 3.800 m ³/s e Xingó: 3.500 m ³/s

24/01: Sobradinho: 4.000 m ³/s e Xingó: 4.000 m ³/s

Municípios do Submédio e Baixo São Francisco que podem ser afetados:

Umburanas, Várzea Nova, Uauá, Sobradinho, Rodelas, Ourolândia, Mirangaba, Miguel Calmon, Macururé, Juazeiro, Jaguarari, Jacobina, Curaçá, Chorrochó, Campo Formoso, Santa Brígida, Glória, Jeremoabo, Paulo Afonso e Pedro Alexandre.

» Acompanhe Rodrygo Ferraz também pelo InstagramTwitter™ e pelo Facebook

Acidente$type=three$author=hide$comment=hide$rm=hide

Nome

Acidente,588,Adustina,761,Alagoas,1,Antas,49,Bahia,1,Brasil,4,Canudos,3,Ceará,1,Cícero Dantas,104,Classificados,18,Cobertura,10,Concursos,41,Coronel João Sá,24,Cultura,1,Desaparecido,1,Downloads,159,Economia,31,Educação,91,Entretenimento,216,Entrevista,18,Esporte,13,Esportes,77,Eventos,427,Famosos,3,Fátima,86,ger,1,Geral,351,Heliópolis,36,Internacional,6,Jeremoabo,5,Justiça,266,Lagarto,1,Maranhão,1,Mundo,282,Notícias,2197,Novo Triunfo,8,Novo Triúnfo,1,Ocorrência,18,Paraíba,1,Paripiranga,217,Pedro Alexandre,4,Pernambuco,1,Piauí,1,po,1,Poço Verde,19,pol,1,policia,8,Polícia,2816,Política,867,Regional,5,Religião,43,Ribeira do Pombal,12,Rio Grande do Norte,1,Saúde,85,Seca,9,Sergipe,1,Sertão,7,Simão Dias,14,Sítio do Quinto,97,VC no Rodrygo Ferraz,3,Vídeo,13,
ltr
item
RODRYGO FERRAZ - Jornalismo Linha Dura para cobrar Soluções.: Jeremoabo, Santa Brígida, e Pedro Alexandre, entram na relação de cidades-alertas quanto ao nível de água da Bacia do Rio São Francisco
Jeremoabo, Santa Brígida, e Pedro Alexandre, entram na relação de cidades-alertas quanto ao nível de água da Bacia do Rio São Francisco
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEizFIw-IoLcq2Vp2tmZXQHeF91WW-fC_gIapl4-cuFK-fp5WL0r-0xreZYGaqjs1wqVX2NqvJ1rRoc-BylwJCO7CxrqvV7xTz7Ts124fr1Yx0UHkh1OpaCUerFDVybT3a3l01VQcmdnPMVjz-DAtYqLDh6TdsRy1Z0E2ZajMrTnztK5VLKYZXnj7Myb=w400-h249
https://blogger.googleusercontent.com/img/a/AVvXsEizFIw-IoLcq2Vp2tmZXQHeF91WW-fC_gIapl4-cuFK-fp5WL0r-0xreZYGaqjs1wqVX2NqvJ1rRoc-BylwJCO7CxrqvV7xTz7Ts124fr1Yx0UHkh1OpaCUerFDVybT3a3l01VQcmdnPMVjz-DAtYqLDh6TdsRy1Z0E2ZajMrTnztK5VLKYZXnj7Myb=s72-w400-c-h249
RODRYGO FERRAZ - Jornalismo Linha Dura para cobrar Soluções.
https://www.rodrygoferraz.com.br/2022/01/jeremoabo-santa-brigida-e-pedro.html
https://www.rodrygoferraz.com.br/
https://www.rodrygoferraz.com.br/
https://www.rodrygoferraz.com.br/2022/01/jeremoabo-santa-brigida-e-pedro.html
true
7660377457155439858
UTF-8
Todas as postagens carregadas VER TUDO Leia mais... Responder Cancelar Excluir De Início PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo VEJA TAMBÉM LABEL ARQUIVO PESQUISAR TODAS AS PUBLICAÇÕES Não foi encontrada nenhuma correspondência de postagem com sua solicitação Voltar para o início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sab Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agostp Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy Índice